Como se cura a ferida

Que triste é despertar e ver no teu olhar... Ver que é mentira o que dizias. Saber que é o final. Que triste é ver cair a amizade que eu construí. Que me guardava, que me alegrava, e eu não via que mentias. Como se cura a ferida? Quando perdoar é tão difícil e quando esquecer não se consegue? Como enfrentar essa vida? Quando o coração, já em pedaços, encontra a desilusão e quebra o mundo inteiro num golpe baixo? Nunca imaginei chorar teu engano. No meio dessa dor, minha força foi minha fé. No meu lamento, buscando alento, olhei pro céu e te perdoei. Fernanda Brum