01

Aquieta-te, minh'alma, e bendiga ao Senhor.
Ouve às Suas ordens e não resista-o mais.
Aquieta-te, dorme.
Aquieta-te, espera.

Incontáveis são os meus erros,
Imensurável é a minha indignidade ante a Ti,
Mas preferível é morrer consumida pela Tua presença,
A morrer de frieza, distante do Teu calor.

Então vem.
Por causa da graça que prometeste, vem.
Com temor eu suplico, vem.
Meu coração é Teu.