Maior

Faz tempo que eu não paro para falar assim, despretensiosa, só pra descarregar. 
O que há aqui é um brainstorm. Não espero que faça sentido. Estou exausta, para falar a verdade, do meu discurso. Veja, é sempre igual... É sempre um caos lá dentro e uma dificuldade tamanha, meu Deus, de externar. A cada ano parece pior. E não é que os resultados são ruins... A sensação que é.
Temo ainda que, em breve, os resultados serão também reflexos desastrosos desta desordem. Não sei como ainda sustento tanta confiança. Minha inquietação me enfraquece e entorpece, de tal modo que não sei mais lutar. Então dissolvo todo este definhamento em lágrimas, para que não adoeça em meu interior. Não é que eu tenha me rendido à angústia... É que o choro é tudo o que eu tenho, quando as palavras e os gestos me são escassos, e quando eu desejo mais o êxito que a distração. E sabes que o meu anseio pelo êxito é maior. Bem maior...