junho 19, 2012

Típico

Impossível passar pelo que chamamos de adolescência sem viver algo parecido com isso.